Please use this identifier to cite or link to this item: https://observatorio.fm.usp.br/handle/OPI/1829
Title: Estudo experimental sobre a eficiência e segurança da manobra de hiperinsuflação manual como técnica de remoção de secreção
Authors: ORTIZ, Tatiana de ArrudaFORTI, GermanoVOLPE, Marcia SouzaCARVALHO, Carlos Roberto RibeiroAMATO, Marcelo Brito PassosTUCCI, Mauro Roberto
Citation: JORNAL BRASILEIRO DE PNEUMOLOGIA, v.39, n.2, p.205-213, 2013
Abstract: Objective: To evaluate, in a lung model simulating a mechanically ventilated patient, the efficiency and safety of the manual hyperinflation (MH) maneuver as a means of removing pulmonary secretions. Methods: Eight respiratory therapists (RTs) were asked to use a self-inflating manual resuscitator on a lung model to perform MH as if to remove secretions, under two conditions: as routinely applied during their clinical practice; and after receiving verbal instructions based on expert recommendations, in both conditions, three clinical scenarios were simulated: normal lung function, restrictive lung disease, and obstructive lung disease. Results: Before instruction, it was common for an RI to compress the resuscitator bag two times, in rapid succession. Proximal pressure (Pp.) was higher before instruction than after. However, alveolar pressure (P-alv) never exceeded 42.5 cmH(2)O (median, 16.1; interquartile range [IQR], 11.7-24.5), despite P-prox values as high as 96.6 cmH(2)O (median, 36.7; IQR, 22.9-49.4). The tidal volume (V-T) generated was relatively low (median, 640 mL;IQR, 505-735), and peak inspiratory flow (PIF) often exceeded peak expiratory flow (PEF), the median values being 1.37 L/s (IQR, 0.99-1.90) and 1.01 L/s (IQR, 0.55-1.28), respectively. A PIF/PEF ratio < 0.9 (which theoretically favors mucus migration toward the central airways) was achieved in only 16.70/o of the maneuvers. Conclusions: Under the conditions tested, MEI produced safe P-alv, levels despite high Ppr. However, the MH maneuver was often performed in a way that did not favor secretion removal (PIF exceedingkF), even after instruction. The unfavorable PIF/PEF ratio was attributable to overly rapid inflations and low V-T.

OBJETIVO: Avaliar, em um modelo pulmonar simulando um paciente sob ventilação mecânica, a eficiência e a segurança da manobra de hiperinsuflação manual (HM) com o intuito de remover secreção pulmonar. MÉTODOS: Oito fisioterapeutas utilizaram um ressuscitador manual autoinflável para realizar HM com o objetivo de remover secreções, em duas condições: conforme rotineiramente aplicada durante sua prática clínica, e após receberem instruções verbais baseadas em recomendações de especialistas. Três cenários clínicos foram simulados: função pulmonar normal, doença pulmonar restritiva e doença pulmonar obstrutiva. RESULTADOS: Antes da instrução, o uso de duas compressões sequenciais do ressuscitador era comum, e a pressão proximal (Pprox) foi mais alta em relação à obtida após a instrução. Entretanto, a pressão alveolar (Palv) nunca excedeu 42,5 cmH2O (mediana, 16,1; intervalo interquartil [IQ], 11,7-24,5), mesmo com valores de Pprox de até 96,6 cmH2O (mediana, 36,7; IQ, 22,9-49,4). O volume corrente (VC) gerado foi relativamente pequeno (mediana, 640 mL; IQ, 505-735) e o pico de fluxo inspiratório (PFI) geralmente excedeu o pico de fluxo expiratório (PFE): 1,37 L/s (IQ, 0,99-1,90) e 1,01 L/s (IQ, 0,55-1,28), respectivamente. Uma relação PFI/PFE < 0,9 (que teoricamente favorece a migração do muco em direção às vias aéreas centrais) foi obtida em somente 16,7% das manobras. CONCLUSÕES: Nas condições testadas, a HM gerou valores seguros de Palv mesmo com altas Pprox. Entretanto, a HM foi comumente realizada de um modo que não favorecia a remoção de secreção (PFI excedendo PFE) mesmo após a instrução. A relação PFI/PFE desfavorável foi explicada pelas insuflações rápidas e o baixo VC.
Appears in Collections:

Artigos e Materiais de Revistas Científicas - FM/MCP
Departamento de Cardio-Pneumologia - FM/MCP

Artigos e Materiais de Revistas Científicas - HC/InCor
Instituto do Coração - HC/InCor

Artigos e Materiais de Revistas Científicas - LIM/09
LIM/09 - Laboratório de Pneumologia


Files in This Item:
File Description SizeFormat 
art_CARVALHO_Experimental_study_on_the_efficiency_and_safety_of_2013_eng.PDFpublishedVersion (English)282.23 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
art_CARVALHO_Experimental_study_on_the_efficiency_and_safety_of_2013_por.PDFpublishedVersion (Portuguese)310.5 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.