Please use this identifier to cite or link to this item: https://observatorio.fm.usp.br/handle/OPI/21152
Title: Políticas de fomento à ciência, tecnologia e inovação em saúde no Brasil e o lugar da pesquisa clínica
Authors: TENÓRIO, MargeMELLO, Guilherme ArantesVIANA, Ana Luiza D’Ávila
Citation: CIENCIA & SAUDE COLETIVA, v.22, n.5, p.1441-1454, 2017
Abstract: Abstract The purpose of this article is to highlight a number of underlying issues that may be useful for a comprehensive review of the management of Health-Related Science, Technology and Innovation policies (ST&I/H), and its strategies and priorities. It is an analytical study supported by an extensive review of the technical and journalistic literature, clippings, legislation and federal government directives. The results show that the Healthcare Production Complex undeniably and increasingly needs science to maintain itself. One may infer that a framework of institutional milestones is being built in Brazil, to strengthen, guide and encourage Research and Development, and that clinical research creates scientific knowledge to address public healthcare issues by generating new inputs or enhancing existing techniques, processes and technologies that will be produced, marketed and used in the different segments, thus feeding the Healthcare Productive Complex.

Resumo Este artigo tem o objetivo de agregar relevo a algumas questões de base que podem ser úteis em um amplo processo de revisão do tema para a gestão das políticas de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde (CT&I/S), bem como suas estratégias e prioridades. Trata-se de um ensaio analítico amparado por extensa revisão narrativa de literatura técnica, jornalística, legislação e portarias do governo federal. Como resultados conclui-se que o Complexo Produtivo da Saúde necessita, de modo indeclinável e crescente, da ciência para a sua manutenção. É possível inferir que vem sendo construído, no Brasil, um arcabouço de marcos institucionais que fortalece, orienta e incentiva as atividades de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) no país e que a investigação clínica gera conhecimento científico para a resolução dos agravos da saúde pública, a partir da geração de novos insumos ou incremento de técnicas, processos e tecnologias já existentes, que, por sua vez, serão produzidos, comercializados e empregados nos seus diferentes segmentos, alimentando, assim, todo o processo do Complexo Produtivo da Saúde.
Appears in Collections:

Artigos e Materiais de Revistas Científicas - FM/MPR
Departamento de Medicina Preventiva - FM/MPR

Artigos e Materiais de Revistas Científicas - LIM/39
LIM/39 - Laboratório de Processamento de Dados Biomédicos

Artigos e Materiais de Revistas Científicas - ODS/08
ODS/08 - Trabalho decente e crescimento econômico

Artigos e Materiais de Revistas Científicas - ODS/09
ODS/09 - Indústria, inovação e infraestrutura


Files in This Item:
File Description SizeFormat 
art_TENÓRIO_Politicas_de_fomento_a_ciencia_tecnologia_e_inovacao_2017_eng.PDFpublishedVersion (English)219.13 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
art_TENÓRIO_Politicas_de_fomento_a_ciencia_tecnologia_e_inovacao_2017_por.PDFpublishedVersion (Portuguese)226.38 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.