Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://observatorio.fm.usp.br/handle/OPI/28733
Título: Prognostic value of focal scintigraphic findings in clinically suspected cases of tibial stress fracture
Autor(es): CASTROPIL, WagnerGUIMARÃES, AmisaBUCHPIGUEL, Carlos Alberto
Parte de: RADIOLOGIA BRASILEIRA, v.51, n.4, p.225-230, 2018
Resumo: Abstract Objective: To investigate the correlation between tracer uptake on bone scintigraphy and recovery time in patients with tibial stress fracture. Materials and Methods: We evaluated two groups of athletes: those with clinical suspicion and a radiological diagnosis of tibial stress fracture (TSF group, n = 21); and those with no symptoms or evidence of fracture (control group, n = 10). All subjects underwent bone scintigraphy and magnetic resonance imaging with a maximum interval of 7 days between the assessments. Results: Using the region of interest technique, we obtained a quantitative evaluation index, comparing affected and unaffected legs. The mean uptake of 99mTc-MDP was significantly higher in the TSF group than in the control group (2.54 ± 0.77 vs. 1.05 ± 0.11; p < 0.001). Conclusion: In our sample of athletes, determining the bone scintigraphy uptake indices provided an objective method to estimate the appropriate recovery time after a tibial stress fracture.

Resumo Objetivo: Analisar a correlação entre a captação da cintilografia óssea e o tempo para recuperação de pacientes com fraturas de estresse na tíbia. Materiais e Métodos: Foram avaliados 21 atletas com suspeita clínica e o diagnóstico radiológico de fratura por estresse na tíbia (grupo 1) e 10 atletas assintomáticos (grupo 2). Todos os sujeitos submeteram-se a cintilografia óssea e ressonância magnética com intervalo máximo de sete dias entre as avaliações. Resultados: Índice quantitativo foi obtido usando a técnica da região de interesse, comparando pernas afetadas com não afetadas. A média de captação do 99mTc-MDP nos membros afetados foi significativamente diferente no grupo 1 (2,54 ± 0,77), comparado com o grupo 2 (1,05 ± 0,11) (p < 0,001). Conclusão: Em nossa amostra de atletas, os índices de captação obtidos pela cintilografia óssea proporcionaram um método objetivo para estimar o tempo de recuperação apropriado após uma fratura de estresse na tíbia.
Aparece nas coleções:

Artigos e Materiais de Revistas Científicas - FM/MDR
Departamento de Radiologia - FM/MDR

Artigos e Materiais de Revistas Científicas - HC/ICHC
Instituto Central - HC/ICHC

Artigos e Materiais de Revistas Científicas - LIM/43
LIM/43 - Laboratório de Medicina Nuclear


Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
art_CASTROPIL_Prognostic_value_of_focal_scintigraphic_findings_in_clinically_2018.PDFpublishedVersion (English)1.17 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.