Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://observatorio.fm.usp.br/handle/OPI/29535
Título: Plano de amostragem em inquéritos de saúde, município de São Paulo, 2015
Autor(es): ALVES, Maria Cecilia Goi PortoESCUDER, Maria Mercedes LoureiroGOLDBAUM, MoisesBARROS, Marilisa Berti de AzevedoFISBERG, Regina MaraCESAR, Chester Luiz Galvao
Parte de: REVISTA DE SAUDE PUBLICA, v.52, article ID 81, 11p, 2018
Resumo: OBJECTIVE: To evaluate the sampling plan of the Health Survey of the City of Sao Paulo (ISA-Capital 2015) regarding the accuracy of estimates and the conformation of domains of study by the Health Coordinations of the city of Sao Paulo, Brazil. METHODS: We have described the population, domains of study, and sampling procedures, including stratification, calculation of sample size, and random selection of sample units, of the Health Survey of the City of Sao Paulo, 2015. The estimates of proportions were analyzed in relation to precision using the coefficient of variation and the design effect. We considered suitable the coefficients below 30% at the regional level and 20% at the city level and the estimates of the design effect below 1.5. We considered suitable the strategy of establishing the Health Coordinations as domains after verifying that, within the coordinations, the estimates of proportions for the age and sex groups had the minimum acceptable precision. The estimated parameters were related to the subjects of use of services, morbidity, and self-assessment of health. RESULTS: A total of 150 census tracts were randomly selected, 30 in each Health Coordination, 5,469 households were randomly selected and visited, and 4,043 interviews were conducted. Of the 115 estimates made for the domains of study, 97.4% presented coefficients of variation below 30%, and 82.6% were below 20%. Of the 24 estimates made for the total of the city, 23 presented coefficient of variation below 20%. More than two-thirds of the estimates of the design effect were below 1.5, which was estimated in the sample size calculation, and the design effect was below 2.0 for 88%. CONCLUSIONS: The ISA-Capital 2015 sample generated estimates at the predicted levels of precision at both the city and regional levels. The decision to establish the regional health coordinations of the city of Sao Paulo as domains of study was adequate.

OBJETIVO: Avaliar o plano de amostragem do Inquérito de Saúde do Município de São Paulo (ISA-Capital 2015) em relação à precisão das estimativas e à conformação de domínios de estudo pelas coordenadorias de saúde do município de São Paulo. MÉTODOS: Descrição de população e domínios de estudo, procedimentos de amostragem, incluindo estratificação, cálculo do tamanho da amostra e sorteio de unidades amostrais do Inquérito de Saúde do Município de São Paulo, 2015. As estimativas de proporções foram analisadas em relação à precisão, por meio do coeficiente de variação e do efeito do delineamento. Foram considerados adequados coeficientes menores do que 30% no nível regional e 20% no municipal, e efeitos do delineamento menores do que 1,5. Para considerar adequada a estratégia de estabelecimento das Coordenadorias de Saúde como domínios, foi verificado que, dentro das coordenadorias, as estimativas de proporções para grupos de idade e sexo tinham a precisão mínima aceitável. Os parâmetros estimados referiram-se aos temas: uso de serviços, morbidade e autoavaliação em saúde. RESULTADOS: Foram sorteados 150 setores censitários, 30 em cada Coordenadoria de Saúde, sorteados e visitados 5.469 domicílios ocupados, e realizadas 4.043 entrevistas. Das 115 estimativas feitas para os domínios de estudo, 97,4% apresentaram coeficientes de variação menores do que 30% e 82,6% menores do que 20%. Das 24 estimativas feitas para o total do município, 23 apresentaram coeficiente de variação menor do que 20%. Mais de dois terços das estimativas do efeito do delineamento foram inferiores a 1,5, valor previsto no cálculo do tamanho da amostra, e o efeito do delineamento foi menor do que dois para 88%. CONCLUSÕES: A amostra do ISA-Capital 2015 gerou estimativas situadas nos patamares previstos de precisão, tanto as de nível municipal como regional. Foi acertada a decisão de estabelecer as coordenadorias regionais de saúde do município de São Paulo como domínios de estudo.
Aparece nas coleções:

Artigos e Materiais de Revistas Científicas - FM/MPR
Departamento de Medicina Preventiva - FM/MPR

Artigos e Materiais de Revistas Científicas - LIM/39
LIM/39 - Laboratório de Processamento de Dados Biomédicos


Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
art_ALVES_Sampling_plan_in_health_surveys_city_of_Sao_2018_eng.PDFpublishedVersion (English)382.58 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir
art_ALVES_Sampling_plan_in_health_surveys_city_of_Sao_2018_por.PDFpublishedVersion (Portuguese)376.3 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.