Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://observatorio.fm.usp.br/handle/OPI/523
Título: Effect of N-acetylcysteine on pulmonary cell death in a controlled hemorrhagic shock model in rats
Autor(es): SAAD, Paulo FernandesSAAD, Karen RuggeriOLIVEIRA FILHO, Luiz Dantas deFERREIRA, Sueli GomesKOIKE, Marcia KiyomiMONTERO, Edna Frasson de Souza
Parte de: ACTA CIRURGICA BRASILEIRA, v.27, n.8, p.561-565, 2012
Resumo: PURPOSE: To evaluate the effect of N-acetylcysteine (NAC) combined with fluid resuscitation on pulmonary cell death in rats induced with controlled hemorrhagic shock (HS). METHODS: Two arteries (MAP calculation and exsanguination) and one vein (treatments) were catheterized in 22 anesthetized rats. Two groups of male albino rats were induced with controlled HS at 35mmHg MAP for 60 min. After this period, the RL group was resuscitated with Ringer's lactate and the RL+NAC group was resuscitated with Ringer's lactate combined with 150mg/Kg NAC. The control group animals were cannulated only. The animals were euthanized after 120 min of fluid resuscitation. Lung tissue samples were collected to evaluate the following: histopathology, TUNEL and imunohistochemical expression of caspase 3. RESULTS: RL showed a greater number of cells stained by TUNEL than RL + NAC, but there was no change in caspase 3 expression in any group. CONCLUSION: N-acetylcysteine associate to fluid resuscitation, after hemorrhagic shock, decreased cell death attenuating lung injury.

OBJETIVO: Avaliar o efeito da N-acetilcisteína (NAC) combinada ao fluido de reposição volêmica na morte celular pulmonar de ratos submetidos ao choque hemorrágico (CH) controlado. MÉTODOS: Duas artérias (cálculo da PAM e exsanguinação) e uma veia (tratamentos) foram cateterizadas em 22 ratos anestesiados. Dois grupos de ratos machos albinos foram induzidos ao CH controlado com PAM de 35mmHg por 60 min. Após este período, o grupo RL foi ressuscitado com Ringer lactato e o grupo RL+NAC foi ressuscitado com Ringer lactato associado com 150mg/Kg de NAC. O grupo controle sofreu somente o procedimento cirúrgico de cateterização. Os animais sofreram eutanásia após 120 min. da ressuscitação. Amostras de tecido pulmonar foram coletadas para histopatologia, TUNEL e a imuno-expressão da caspase 3. RESULTADOS: RL apresentou maior número de células marcadas pelo TUNEL do que RL+NAC, porém sem alteração na expressão da caspase 3 em nenhum dos grupos estudados. CONCLUSÃO: A N-acetilcisteína teve um papel protetor na morte celular em modelo de choque hemorrágico controlado.
Aparece nas coleções:

Artigos e Materiais de Revistas Científicas - FM/MCG
Departamento de Cirurgia - FM/MCG

Artigos e Materiais de Revistas Científicas - FM/MCM
Departamento de Clínica Médica - FM/MCM

Artigos e Materiais de Revistas Científicas - LIM/51
LIM/51 - Laboratório de Emergências Clínicas

Artigos e Materiais de Revistas Científicas - LIM/62
LIM/62 - Laboratório de Fisiopatologia Cirúrgica


Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
art_FERREIRA_Effect_of_N_acetylcysteine_on_pulmonary_cell_death_2012.PDFpublishedVersion (English)1.05 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.