Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://observatorio.fm.usp.br/handle/OPI/807
Título: Obesidade materna em gestações de alto risco e complicações infecciosas no puerpério
Autor(es): PAIVA, Leticia Vieira deNOMURA, Roseli Mieko YamamotoDIAS, Maria Carolina GoncalvesZUGAIB, Marcelo
Parte de: REVISTA DA ASSOCIACAO MEDICA BRASILEIRA, v.58, n.4, p.453-458, 2012
Resumo: Objective: To analyze the association between maternal obesity and postnatal infectious complications in high-risk pregnancies. Methods: Prospective study from August 2009 through August 2010 with the following inclusion criteria: women up to the 5th postpartum day; age L 18 years; high-risk pregnancy; singleton pregnancy with live fetus at labor onset; delivery at the institution; maternal weight measured on day of delivery. The nutritional status in late pregnancy was assessed by the body mass index (BMI), with the application of the Atalah et al. curve. Patients were graded as underweight, adequate weight, overweight, or obese. Postpartum complications investigated during the hospital stay and 30 days post-discharge were: surgical wound infection and/or secretion, urinary infection, postpartum infection, fever, hospitalization, antibiotic use, and composite morbidity (at least one of the complications mentioned). Results: 374 puerperal women were included, graded according to the final BMI as: underweight (n = 54, 14.4%); adequate weight (n = 126, 33.7%); overweight (n = 105, 28.1%); and obese (n = 89, 23.8%). Maternal obesity was shown to have a significant association with the following postpartum complications: surgical wound infection (16.7%, p = 0.042), urinary infection (9.0%, p = 0.004), antibiotic use (12.3%, p < 0.001), and composite morbidity (25.6%, p = 0.016). By applying the logistic regression model, obesity in late pregnancy was found to be an independent variable regardless of the composite morbidity predicted (OR: 2.09; 95% CI: 1.15-3.80, p = 0.015). Conclusion: Maternal obesity during late pregnancy in high-risk patients is independently associated with postpartum infectious complications, which demonstrates the need for a closer follow-up of maternal weight gain in these pregnancies.

Objetivo:Analisar a associação entre a obesidade materna e complicações infecciosas do puerpério em gestações de alto risco. Métodos: Estudo prospectivo de ago/2009 a ago/2010, com os seguintes critérios de inclusão: puérperas até o 5º dia; idade ≥18 anos; gestação de alto risco; feto único e vivo no início do trabalho de parto; parto na instituição; peso materno aferido no dia do parto. O estado nutricional no final da gestação foi avaliado pelo índice de massa corporal (IMC), aplicando-se a curva de Atalah et al. (1997), e as pacientes foram classificadas em: baixo peso, adequado, sobrepeso e obesidade. As complicações do puerpério, investigadas durante o período de internação e 30 dias após a alta, foram: infecção e/ou secreção em ferida cirúrgica, infecção urinária, infecção puerperal, febre, hospitalização, uso de antibióticos e morbidade composta (pelo menos uma das complicações citadas). Resultados: Foram incluídas 374 puérperas classificadas pelo IMC final em: baixo peso (n = 54, 14,4%); adequado (n = 126, 33,7%); sobrepeso (n = 105, 28,1%) e obesidade (n = 89, 23,8%). A obesidade materna apresentou associação significativa com as seguintes complicações do puerpério: infecção de ferida cirúrgica (16,7%, p = 0,042), infecção urinária (9,0%, p = 0,004), uso de antibiótico (12,3%, p < 0,001) e morbidade composta (25,6%, p = 0,016). Aplicando-se o modelo de regressão logística verificou-se que a obesidade no final da gestação é variável independente na predição da morbidade composta (OR: 2,09; IC 95%: 1,15-3,80, p = 0,015). Conclusão: A obesidade materna no final da gravidez, em pacientes de alto risco, está associada de forma independente à ocorrência de complicações infecciosas no puerpério, demonstrando a necessidade de acompanhamento mais eficiente de ganho de peso materno nessas gestações.
Aparece nas coleções:

Artigos e Materiais de Revistas Científicas - FM/MOG
Departamento de Obstetrícia e Ginecologia - FM/MOG

Artigos e Materiais de Revistas Científicas - HC/ICHC
Instituto Central - HC/ICHC

Artigos e Materiais de Revistas Científicas - LIM/57
LIM/57 - Laboratório de Fisiologia Obstétrica


Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
art_PAIVA_Maternal_obesity_in_high_risk_pregnancies_and_postpartum_2012_eng.PDFpublishedVersion (English)133.19 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir
art_PAIVA_Maternal_obesity_in_high_risk_pregnancies_and_postpartum_2012_por.PDFpublishedVersion (Portuguese)222.77 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.