Please use this identifier to cite or link to this item: https://observatorio.fm.usp.br/handle/OPI/859
Title: LIMB REPLANTATION AFTER AVULSION INJURIES: TECHNIQUES AND TACTICS FOR SUCCESS
Authors: PAULOS, Renata GregorioSIMAO, Danielle TiemiMATTAR JUNIOR, RamesREZENDE, Marcelo Rosa deWEI, Teng HsiangTORRES, Luciano Ruiz
Citation: ACTA ORTOPEDICA BRASILEIRA, v.20, n.2, p.104-109, 2012
Abstract: Objectives: Retrospective evaluation of cases of limb replantation after avulsion injuries. Evaluation of the techniques and tactics used, that contributed to success and good functional results. Methods: Forty-three patients' records were assessed. All the cases had been submitted to limb replantation after avulsion injuries. Results: The majority of the cases were young men. The most common injury was to the thumbs. The surgical techniques and tactics used were: nerve grafting, vein grafting, transposition of the digital vessels, limb shortening, and heterotopic replantation. The most commonly used technique was vein graft. The limb survival rate was high (93%), as was patient satisfaction. Conclusion: Replantation after avulsion injury depends on the correct diagnosis of the limb viability and the use of appropriate surgical techniques and tactics for each case. The experience of the team of surgeons and a good hospital structure are essential for good results. There are few articles in medical literature about the indications, techniques and results of limb replantation after avulsion injuries. We believe that this retrospective evaluation can bring new information and contributions to the correct management of this highly complex situation. Level of evidence IV, Case Series.

OBJETIVOS: Avaliação retrospectiva criteriosa de casos de reimplantes após amputação por avulsão. Avaliação de técnicas e táticas utilizadas que determinaram evolução satisfatória e bom resultado funcional. METÓDOS: Foram avaliados, retrospectivamente, prontuários de 43 pacientes que tiveram membros amputados por mecanismo de avulsão e reimplantados nos últimos 21 anos. RESULTADOS: A maior parte dos casos envolvia homens adultos jovens. A localização de amputação mais frequente foi do polegar. As técnicas e táticas cirúrgicas utilizadas isoladas ou conjuntamente incluem: enxertos de nervo, enxertos vasculares (veia ou artéria), transposição de feixe vascular digital, encurtamento do membro e reimplante heterotópico. A técnica mais frequentemente utilizada foi o emprego de enxertos venosos. A taxa de sobrevida dos reimplantes foi alta (93%), assim como a satisfação dos pacientes. CONCLUSÃO: Os reimplantes por mecanismo de avulsão dependem do correto diagnóstico de viabilidade anatômica e utilização de técnicas e táticas cirúrgicas apropriadas para cada caso. A experiência da equipe cirúrgica e estrutura hospitalar adequada são fundamentais para obtenção de bons resultados. Existem poucos relatos na literatura sobre indicação, tática, técnicas e resultados de procedimentos de reimplantes em amputações por avulsão. Acreditamos que a avaliação retrospectiva desta série de casos possa trazer novas informações e contribuições no atendimento desta situação de alta complexidade. Nível de evidência IV, Série de casos.
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - FM/MOT
Artigos e Materiais de Revistas Científicas - HC/IOT
Artigos e Materiais de Revistas Científicas - LIM/41

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
art_PAULOS_LIMB_REPLANTATION_AFTER_AVULSION_INJURIES_TECHNIQUES_AND_TACTICS_2012.PDFpublishedVersion (English)2.12 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.